Bem vindos amigos!!!

Hoje venho mostrar um pouco de mim.
o que penso como vivo e o que sinto.
Então qu e sejam muito bem vindos todos...

segunda-feira, 29 de junho de 2009

MORTE DE UM ÍDOLO

Hoje acordei como se estivesse de luto, tem sido assim nos últimos 4 dias.
Sabe quando você perde aquele primo distante que não conhece muito bem mais se sente mal assim
mesmo.
Tenho acordado assim todos estes dias depois da noticia da morte do Michael Jackson.
Lembrei que Michael foi talvez meu primeiro ídolo.
Um herói negro para uma geração, uma geração carente de identificação, tínhamos carência de um herói
negro um que nos mostrasse nossa força e amor próprio
Nos enfim tínhamos o Michael.
Ídolo juvenil foi mais que um cantor marcou época fez historia acho que nem ele sabia da sua
importância na vida dos sua fãs.
Aprendi a dançar Thriller,Billy Jean aprendi a cantar Ben e Ill be there.
Foi um choque para mim.
E uma constatação de que como dizia Cazuza o tempo não para!
E descobri que envelhecer e perder nossos ídolos e mitos.
Envelhecer e lidar com a morte o tempo inteiro cada vez mais próximo.
Michael Jackson foi um mito algo inexplicável, nada nem ninguém vai fazer o que ele fez
estavamos cansados de ver copias plagios e releituras e reinvensões disso ou daquilo
Michael foi inédito na forma de cantar dançar viver...só plagiando na hora da morte, seguindo assim seus conterrâneos,Elvis, Marilyn e Kurt.
Triste fim para um inovador que passou a vida inteira sento original copiar na hora da morte.
Alguém disse certa vez que para se tornar ídolo para posteridade tem que ter uma morte trágica. acho que foi novamente Cazuza ele sempre tinha uma frase para tudo.
Ele morreu é triste mais morreu. Deixou uma herança para todos, para mim.
Meus filhos, meus netos os netos dos meus netos...

Adeus ao corpo de Michael
Bem vindo Michael a eternidade de seu legado.
Bjos


Lana Araújo.