Bem vindos amigos!!!

Hoje venho mostrar um pouco de mim.
o que penso como vivo e o que sinto.
Então qu e sejam muito bem vindos todos...

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009



Querido amigos!
Mais um ano esta terminando e tantas coisa se passaram neste último.
Eu chorei, sorri, perdi e venci ...
Nem tudo nas mesmas proporções é claro.rs
Este ano me dei conta que estou ficando velha.
Que os amores não são eternos.
Que as mudanças são inevitáveis.
Que viver vale a pena mesmo quando seu dia não esta muito bom.
Que não é como está ? Mais com quem esta?
Que não existe bons momentos sozinho só momentos tranquilos.
Que não são as respostas que movem o mundo... são as perguntas.
Aprendi que minha família e meus amigos são os maiores tesouros que tenho.
E que não existe nada tão maravilhoso como o sorriso da minha filha pela manhã quando me reconhece.
E amigos, a vida é sagrada uma bênção que se renova a cada amanhecer

FELIZ NATAL E UM MARAVILHO ANO NOVO!!!

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Eu com certeza sou uma pessoa abençoada . Não posso reclamar das coisas que Deus me dá, ele tem sido tão generoso que me pergunto as vezes se mereço. Quem tiver a oportunidade de ver este vídeo vai saber do que estou falando, este tesouro recebido e enviado por Deus. Por que minha filha para mim é um milagre.

Um dos maiores milagres que uma pessoa pode receber.

Agradeço a Deus todos os dias pela sua existência.

Beijos .

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

O que escrever ?


Ola !!!

Acho que faz um ano que não escrevo ou publico nada neste blog.

Devo estar em uma crise de falta de criatividade...

Bem, aconteceu uma coisa estranha que gostaria de com partilhar com as poucas pessoas

que lêem este blog:

Recebi uma mensagem no meu celular, até ai tudo bem normal.

O estranho que é que não era de uma pessoa que eu conhecia, o conteúdo tão pouco me agradou era um mensagem pornográfica e obscena.

Na hora fiquei irritadissíma, muito alterada.

Porém 2 horas depois me perguntei o que leva uma pessoa a agir desta forma

carência afectiva, necessidade de integração, o cara é um depravado, tarado, sexualmente inibido ou sexualmente pervertido.

A resposta não vinha então pensei só uma pessoa poderia me dar esta responda:

" o autor da já citada mensagem" sem pensar 2 vezes respondi.

Perguntei quem era ele, e o que o levava a agir daquela forma.

Trocamos umas 30 mensagens e conclui que era mais um cara intedíado sem ter o que fazer

procurando alguém para preencher suas necessidades de depravação.

Fiquei pensando como nos mulheres somos racionais, inteligentes e sensíveis.

Nos somos sensuais e não pornográficas, pois sei que dentre os homens que conheço quase

todos poderiam ser o cara depravado que mandaria aquela mensagem.

O que me deixa feliz de ser mulher é que todos pelo menos 98,99% das mulheres que conheço

não faria isso por que tem personalidade demais para ter tempo de fazer algo tão vil.

O Deus muito obrigada por ser mulher
Bjos

sábado, 22 de agosto de 2009


É... Tudo chega ao fim...

Mesmo que a gente não queira no início, no final seremos sempre obrigados a suportar.Sabe...

Às vezes eu olho para trás.

E às vezes, me dá vergonha. Do ser que eu era, das coisas que pensava, das idiotices que fazia.

Eu era – e ainda sou – uma criança estúpida.

Mas creio que com todos é assim, e isso é algo que sempre vai acontecer.

Nós sempre acordaremos de manhã, lembraremos do dia seguinte e... “Droga!”.

Sempre.

Por isso, não me arrependo do que fui. Não me arrependo do que fiz, do que ri, do que pensei, nem do que falei.

Pois foram essas coisas que fizeram parte da época mais feliz da minha vida.Vergonha? Um pouco.

Mas é recompensada pelo sorriso nostálgico que me invade sempre que me lembro do começo de minha adolescência.

É por isso que deixarei aqui, para sempre – ou até que durem – guardadas as minhas lembranças preciosas.

Sei que mais ninguém além de mim sorrirá perante elas, mas, pelo menos, todos que as lerem saberão o que, um dia, eu fui.

E porque, hoje em dia, sou assim.

Afinal, foram meus mais valiosos sentimentos, meus mais queridos dias, e meus doces - mas não tão secretos - segredos...


autor : desconhecido

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Conversas com amiga R.K


Conversas com amiga R.K


Hoje nos conversamos muito a respeito de relacionamento.

Relacionamento é exercício de doação, perseverança, paciência e força de vontade um teste de toda nossa capacidade.

Em um relacionamento se doa tempo, carinho, amor e principalmente compreensão.

Quando o relacionamento não vai bem ai entra a perseverança fazer o possível e muitas vezes o impossível para dar certo.

Algumas vezes se persevera demais e acaba não percebendo que nem tudo pode dar certo o importante e saber que se aprende mais com os erros que com os acertos.

Ter paciência é um dom divino paciência para ouvir,calar, ajudar e compreender.

Mais do que tudo isso trabalhamos nossa força de vontade de não jogar tudo para o auto quando as coisas não vão bem,também ter força para dizer não e parar de lutar quando é preciso.

Saber quando é hora de deixar a outra pessoa partir quando é sua hora.

Relacionamentos não são eternos, as vezes são como produtos perecíveis tem prazo de validade e tem que ser mantido com cuidado.

Para estar com alguém é preciso gostar da companhia, ter amizade é fundamental pois quando a paixão fica morna a amizade pode ser a única coisa que vai restar.

Quando se pensa e um relacionamento logo se pensa no futuro:Noivado, casamento e filhos etc...

Como ir tão longe se não sabemos nem se acordaremos amanhã.

Você sabe?

Como será ir tão longe se simplesmente não temos ideia se chegaremos a comemorar nosso próximo aniversário.

Eu não sei se viverei para ver minha filha crescer,ver as alegrias dos tempos da escola, passar pelos problemas da adolescência as alegrias e tristezas do primeiro amor, consolá-la nas tristezas e festejar com ela as alegrias das conquistas.

Não sei se mimarei meus netos ou se estarei aqui quando eles nascerem, si eles nascerem.

Não sei por que as pessoas estão sempre pensando no passado e com a cabeça no futura.

Se esquecem que vivemos o momento o presente.Aprendi a viver o hoje por que o amanhã não me pertence, o agora é meu!

Está em minhas mãos.Eu sei que posso ser feliz agora.O amanhã eu já não posso manipular nem sei se vou viver até la!!!

Repito a pergunta você sabe?

Por isso viva o momento pois ele e único.Não leve tão a serio um namorado, suas amigas, sua família e seus problemas eles passam sempre passam os momento ficam eternizados no passado e saudosos no futuro por isso viva intensamente o presente.

Bjos


Lana Araújo.

quinta-feira, 13 de agosto de 2009



A Pessoa Errada


(Luís Fernando Veríssimo)





Pensando bem, em tudo o que a gente vê, e vivência, e ouve e pensa,
não existe uma pessoa certa pra gente

Existe uma pessoa que, se você for parar pra pensar é,
na verdade, a pessoa errada

Porque a pessoa certa faz tudo certinho ;

Chega na hora certa;

Fala as coisas certas;

Faz as coisas certas;

Mas nem sempre a gente tá precisando das coisas certas
Aí é a hora de procurar a pessoa errada

A pessoa errada te faz perder a cabeça

Fazer loucuras

Perder a hora

Morrer de amor

A pessoa errada vai ficar um dia sem te procurar

Que é prá na hora que vocês se encontrarem

A entrega ser muito mais verdadeira

A pessoa errada, é na verdade, aquilo que a gente chama de pessoa certa

Essa pessoa vai te fazer chorar

Mas uma hora depois vai estar enxugando suas lágrimas

Essa pessoa vai tirar seu sono

Mas vai te dar em troca uma noite de amor inesquecível

Essa pessoa talvez te magoe

E depois te enche de mimos pedindo seu perdão

Essa pessoa pode não estar 100% do tempo ao seu lado

Mas vai estar 100% da vida dela esperando você

Vai estar o tempo todo pensando em você

A pessoa errada tem que aparecer pra todo mundo

Porque a vida não é certa

Nada aqui é certo

O que é certo mesmo, é que temos que viver cada momento, cada segundo

Amando, sorrindo, chorando, emocionando, pensando, agindo, querendo, conseguindo

E só assim é possível chegar àquele momento do dia

Em que a gente diz: "Graças à Deus deu tudo certo"

Quando na verdade

Tudo o que Ele quer

É que a gente encontre a pessoa errada

Para que as coisas comecem a realmente funcionar direito prá gente.
Nossa missão:

Compreender o universo de cada ser humano,
respeitar as diferenças,

brindar as descobertas,
buscar a evolução.

Quando a gente acha que tem todas as respostas,
vem a vida e muda todas as perguntas ...

sábado, 25 de julho de 2009







Esta chovendo, frio e estou sozinha.



Me ponho a pensar, será que existe aquela pessoa especial?



Será que existe alguém, minha metade da laranja e a tampa da panela?



Será que existe um príncipe encantado montado em um cavalo branco



nos esperando em uma esquina qualquer?



Ando achando isso uma grande bobagem...



Na minha vida eu só encontro metades de outras coisas, as vezes ate metades podres.



Que príncipe que nada, está mais para sapo na beira da lagoa e cavalos brancos nem de longe.



Não existe essa coisa boba e romântica de uma pessoa especial, eu sou especial!


Deve ser por isso que não encontro ninguém, sou boa de mais e não falo isso por que tenho um super ego, mais por que é a mais pura verdade.


Nunca me amei tanto como amo agora, nunca me valorizei tanto.


Não vou mais aceitar qualquer coisa por falta de opção só aceitarei o que estiver a minha altura.
E quero alguém inteligente, amavél, responsável e compromedito principalmente comigo.



Acho isso quase impossível de se achar no momento.



Nestes últimos quase 3 anos fechei para balanço e talvez leve mais um bom tempo para reabrir.



Nunca me senti tão bem com relação a mim e as outras pessoas, minha decisão de não me envolver com ninguém esta se reafirmando cada vez mais. No meu intimo isso me parece cada vez mais correta.



Enquanto não aparece ninguém fico me amando cada vez mais, por que sei que eu me basto.
Sou suficiente para mim.


Ninguém me completa tanto quanto eu mesmo .



É isso ....Bjos






Fui.

segunda-feira, 20 de julho de 2009


Por Roberto Shinyashiki


Ser amado e amar significa “entrega em intimidade”, isto é, sintonia das emoções.

Quando entregamos uma parte do nosso espaço e tempo à pessoa amada, não significa que perdemos nossa individualidade.

Entregar-se significa deixar de viver analisando, apegando-se a velhos preconceitos. É dar um salto no abismo, é acolher o novo de mente aberta.

Muitas pessoas não ousam sequer deixar o lar dos pais para estudar fora, com medo do novo, do imprevisível.

Quando vão a uma festa, querem saber de antemão tudo o que vai acontecer. Quando estão com alguém, querem que as coisas aconteçam à sua maneira.

Com isso, restringem-se a uma vida repetitiva.

Numa noite escura, um homem andava no meio de uma floresta. De repente, ele caiu. A única coisa que conseguiu fazer foi segurar-se em um galho.

Quando olhou para baixo, só viu escuridão.

Começaram então os pensamentos catastróficos: “Eu vou cair neste abismo e vou morrer... Este galho não vai agüentar, eu vou me machucar todo”.

À medida que o tempo passava, o galho ia se desprendendo, e cada vez mais o homem se desesperava, com medo de cair e morrer.

A claridade foi chegando com a manhã, e então ele percebeu que estava com os pés a apenas quarenta centímetros do chão e que todo o seu medo e sofrimento tinham sido infundados.

Assim fazem as pessoas que não se soltam das raízes do passado para voar em direção aos sonhos do presente.

Ficam com medo de se arrebentar, quando, na realidade, o salto a ser dado tem pouco mais de quarenta centímetros: a distância que separa o cérebro do coração.

Este é o grande salto a ser dado: parar de viver o tempo todo se analisando e deixar de ouvir o “juiz” que existe na sua cabeça.

Passar a viver os acontecimentos, em vez de ficar julgando a si mesmo, o outro e tudo o que está ocorrendo.

Muitas pessoas confundem entrega com submissão, o que é um erro, pois cada uma delas se origina em um ponto distinto da personalidade.

Enquanto a entrega tem origem na autovalorização e é movida pelo amor, a submissão decorre de um sentimento de inferioridade e é mobilizada pelo medo.

Na entrega, tornamo-nos transparentes para o outro, despidos de qualquer máscara, o que possibilita ao ser amado nos ver e nos sentir exatamente como somos.

Na entrega, é como se um pudesse ver o que o outro está pensando, porque estão sintonizados na mesma freqüência de sentimentos.

A confiança é o suporte básico para a entrega e necessita ser mútua, isto é, não pode ser unilateral num grande amor.

Todos temos guardados, dentro de nós, nossos segredos, nossos sentimentos, nossas dúvidas, inquietações e medos; nossa genialidade, nossa criatividade, nossa beleza, sensualidade e sexualidade; todas as nossas verdades, vivências e experiências boas e ruins, que representam o nosso tesouro íntimo e que só nós conhecemos e fazemos questão de manter no fundo do nosso ser.

Entregar-se ao outro é presenteá-lo com a chave desse cofre, é transformá-lo num explorador e co-guardião dessas riquezas.

E, na entrega mútua, os tesouros se fundem e se transformam num grande amor — cada um é depositário e depositante da riqueza dos dois.

Nessa fusão, o par de amantes transcende e se integra no Universo.

Para muitos, isso pode parecer uma grande ameaça, porque a entrega implica comprometimento com o amor.

Não se entregando profundamente a alguém, fica a pessoa se entregando aos pedacinhos a várias, o que representa desgaste, tensão e uma dicotomia muito grande.

É feita uma oferta de chaves falsas, que jamais abrirão cofre nenhum.

Conseqüentemente, também são recebidas chaves falsas.

Muitas vezes nem nós mesmos conhecemos o nosso tesouro; esquecemos o seu segredo.

Pode ser que só possamos ter acesso a ele através do amor e da entrega, porque a pessoa amada vai nos ajudar a ter coragem de mergulhar nas profundezas, sem medo do que possamos encontrar, e até mesmo nos tornar curiosos por descobrir mais.

Analisando o que temos feito na vida, vemos que, muitas vezes, nos preparamos para o banho, chegamos perto do mar, mas acreditando que a água está fria desistimos de nadar e voltamos para casa frustrados.

Tendo consciência disso, podemos aprender a mergulhar nas águas do amor, ainda que elas signifiquem um banho frio.

O importante é a percepção de que frustrações desnecessárias geram um sentimento de incapacidade e que a entrega significa lançar-se neste mar — com a força dos braços e das pernas, saberemos fazer nosso corpo esquentar-se e fortalecer-se no amor.


Publicação: 13/11/2007
Bjos

Recebi este texto e amei, gostaria de compartilhar


Por Roberto Shinyashiki


Ser amado e amar significa “entrega em intimidade”, isto é, sintonia das emoções.

Quando entregamos uma parte do nosso espaço e tempo à pessoa amada, não significa que perdemos nossa individualidade.

Entregar-se significa deixar de viver analisando, apegando-se a velhos preconceitos.

É dar um salto no abismo, é acolher o novo de mente aberta.Muitas pessoas não ousam sequer deixar o lar dos pais para estudar fora, com medo do novo, do imprevisível.

Quando vão a uma festa, querem saber de antemão tudo o que vai acontecer.

Quando estão com alguém, querem que as coisas aconteçam à sua maneira.

Com isso, restringem-se a uma vida repetitiva.Numa noite escura, um homem andava no meio de uma floresta. De repente, ele caiu.

A única coisa que conseguiu fazer foi segurar-se em um galho. Quando olhou para baixo, só viu escuridão. Começaram então os pensamentos catastróficos:

“Eu vou cair neste abismo e vou morrer... Este galho não vai agüentar, eu vou me machucar todo”.

À medida que o tempo passava, o galho ia se desprendendo, e cada vez mais o homem se desesperava, com medo de cair e morrer.

A claridade foi chegando com a manhã, e então ele percebeu que estava com os pés a apenas quarenta centímetros do chão e que todo o seu medo e sofrimento tinham sido infundados.

Assim fazem as pessoas que não se soltam das raízes do passado para voar em direção aos sonhos do presente.

Ficam com medo de se arrebentar, quando, na realidade, o salto a ser dado tem pouco mais de quarenta centímetros: a distância que separa o cérebro do coração.

Este é o grande salto a ser dado: parar de viver o tempo todo se analisando e deixar de ouvir o “juiz” que existe na sua cabeça.

Passar a viver os acontecimentos, em vez de ficar julgando a si mesmo, o outro e tudo o que está ocorrendo.

Muitas pessoas confundem entrega com submissão, o que é um erro, pois cada uma delas se origina em um ponto distinto da personalidade.

Enquanto a entrega tem origem na autovalorização e é movida pelo amor, a submissão decorre de um sentimento de inferioridade e é mobilizada pelo medo.

Na entrega, tornamo-nos transparentes para o outro, despidos de qualquer máscara, o que possibilita ao ser amado nos ver e nos sentir exatamente como somos.

Na entrega, é como se um pudesse ver o que o outro está pensando, porque estão sintonizados na mesma freqüência de sentimentos.

A confiança é o suporte básico para a entrega e necessita ser mútua, isto é, não pode ser unilateral num grande amor.

Todos temos guardados, dentro de nós, nossos segredos, nossos sentimentos, nossas dúvidas, inquietações e medos; nossa genialidade, nossa criatividade, nossa beleza, sensualidade e sexualidade; todas as nossas verdades, vivências e experiências boas e ruins, que representam o nosso tesouro íntimo e que só nós conhecemos e fazemos questão de manter no fundo do nosso ser.

Entregar-se ao outro é presenteá-lo com a chave desse cofre, é transformá-lo num explorador e co-guardião dessas riquezas.

E, na entrega mútua, os tesouros se fundem e se transformam num grande amor — cada um é depositário e depositante da riqueza dos dois.

Nessa fusão, o par de amantes transcende e se integra no Universo.Para muitos, isso pode parecer uma grande ameaça, porque a entrega implica comprometimento com o amor.

Não se entregando profundamente a alguém, fica a pessoa se entregando aos pedacinhos a várias, o que representa desgaste, tensão e uma dicotomia muito grande.

É feita uma oferta de chaves falsas, que jamais abrirão cofre nenhum. Conseqüentemente, também são recebidas chaves falsas.

Muitas vezes nem nós mesmos conhecemos o nosso tesouro; esquecemos o seu segredo.

Pode ser que só possamos ter acesso a ele através do amor e da entrega, porque a pessoa amada vai nos ajudar a ter coragem de mergulhar nas profundezas, sem medo do que possamos encontrar, e até mesmo nos tornar curiosos por descobrir mais.

Analisando o que temos feito na vida, vemos que, muitas vezes, nos preparamos para o banho, chegamos perto do mar, mas acreditando que a água está fria desistimos de nadar e voltamos para casa frustrados.

Tendo consciência disso, podemos aprender a mergulhar nas águas do amor, ainda que elas signifiquem um banho frio.

O importante é a percepção de que frustrações desnecessárias geram um sentimento de incapacidade e que a entrega significa lançar-se neste mar — com a força dos braços e das pernas, saberemos fazer nosso corpo esquentar-se e fortalecer-se no amor.


Publicação: 13/11/2007

sábado, 11 de julho de 2009


A mais de dois anos algo de muito especial acontece na minha vida.

Algo que mudou completamente minha forma de agir, pensar,e até mesmo viver.

Nunca imaginei que ficasse tão dependente de alguém.

Nunca imaginei amar tanto alguém .

Nunca foi tão fácil me colocar em segundo plano, perder a vaidade o medo.

Nunca pensei ser dotada de tanta generosidade.

Nunca imaginei que mudaria meus hábitos, minha disciplina e minha forma de ver a vida.

Nunca se quer imaginei abrir mão de quase todo por alguém.

Um ser pequeno e maravilhoso.

Descrever o meu amor é impossível.

Não existe palavras que possa traduzir minha sensação quando te vi pela primeira vez.

Ninguém no mundo pode si quer imaginar como me senti vendo algo de menos de 10 cm crescendo em mim.
Esse mesmo ser tomar posse da minha vida e do meu coração.

Sentir você mexer, chutar, e até soluçar.

Perder a forma, a individualidade e mesmo assim estar feliz.

Sentir dor e mesmo assim estar feliz.

Passar noites em claro, não ter sossego e mesmo cansada depois de um dia

inteiro de trabalho me desmanchar de felicidade por um carinho seu ou um sorriso.

Ouvir meu nome como se fosse um mantra, um pedido de socorro uma solicitação e até mesmo para exigir atenção.

Nunca me senti mais feliz, mais realizada, mais mulher.

E tudo isso por causa de você...

EU TE AMO

No silêncio da noite.



Sinto sua falta, sinto mesmo sua falta!

Sinto falta do seu cheiro, do seu gosto e sua voz.

Hoje pensei em você a algum tempo não penso tanto.

Nos últimos meses tem sido fácil não pensar.

Mais hoje, não sei foi diferente, não sei se foi o tempo chuvoso.

Acho que foi isso! Me fez lembrar o quanto gostávamos de dormir ouvindo

a chuva cair .

São pequenas coisas, alguém com seu perfume ou mesmo nome.

Sinto falta do seu sorriso, sua gargalhada.

Seu toque, seu carinho...

Somos a promessa do que nunca foi realizado.

Somos a possibilidade do que nunca foi cumprido.

Talvez esse seja o problema, ficamos no que poderia ser.

Mesmo assim esta ilusão de um futuro que não se descortinou sempre

estará entre nos, criando este sonho não vivido, algo proibido como

nos grandes romances.

Agora acho que divaguei demais mais você entende.....

Não importa o que nos acontecer nem que caminhos devamos tomar

teremos sempre nossas lembranças por que tu será...

Sempre meu... eu sei sempre tua...


Lana

segunda-feira, 29 de junho de 2009

MORTE DE UM ÍDOLO

Hoje acordei como se estivesse de luto, tem sido assim nos últimos 4 dias.
Sabe quando você perde aquele primo distante que não conhece muito bem mais se sente mal assim
mesmo.
Tenho acordado assim todos estes dias depois da noticia da morte do Michael Jackson.
Lembrei que Michael foi talvez meu primeiro ídolo.
Um herói negro para uma geração, uma geração carente de identificação, tínhamos carência de um herói
negro um que nos mostrasse nossa força e amor próprio
Nos enfim tínhamos o Michael.
Ídolo juvenil foi mais que um cantor marcou época fez historia acho que nem ele sabia da sua
importância na vida dos sua fãs.
Aprendi a dançar Thriller,Billy Jean aprendi a cantar Ben e Ill be there.
Foi um choque para mim.
E uma constatação de que como dizia Cazuza o tempo não para!
E descobri que envelhecer e perder nossos ídolos e mitos.
Envelhecer e lidar com a morte o tempo inteiro cada vez mais próximo.
Michael Jackson foi um mito algo inexplicável, nada nem ninguém vai fazer o que ele fez
estavamos cansados de ver copias plagios e releituras e reinvensões disso ou daquilo
Michael foi inédito na forma de cantar dançar viver...só plagiando na hora da morte, seguindo assim seus conterrâneos,Elvis, Marilyn e Kurt.
Triste fim para um inovador que passou a vida inteira sento original copiar na hora da morte.
Alguém disse certa vez que para se tornar ídolo para posteridade tem que ter uma morte trágica. acho que foi novamente Cazuza ele sempre tinha uma frase para tudo.
Ele morreu é triste mais morreu. Deixou uma herança para todos, para mim.
Meus filhos, meus netos os netos dos meus netos...

Adeus ao corpo de Michael
Bem vindo Michael a eternidade de seu legado.
Bjos


Lana Araújo.

quinta-feira, 26 de março de 2009

Como começar um dia.



Um dia nunca é só um dia.


Um dia tem que ser memoravél cheio luz, calor humano e energia.


O melhor dia é o de hoje, a melhor hora é agora.


Um dia não é só um conjunto de horas esta muito além.


Pensar em viver cada hora como se fosse a última, amar cada segundo


vividos ao lado das pessoas a quem se ama.


Eu vivo todos os dias ao lado das pessoas mais lidas, carinhosas e importantes


de todo o mundo. Eles me completam, não tem amor mais puro e desinteressados.


Eu sou uma pessoa abençoada pois ter uma família como a minha é fabuloso, é espectacular é maravilhoso.


Li em algum lugar que felicidade completa e aquela a qual se pode dividir, compartilhar.


Era algo assim:


" Felicidade verdadeira é aquela que se pode compartilhar, doar, dividir há sempre alguém querendo ser feliz com você.


Tristeza é como vírus, contagia. Mais é como uma doença indesejável que embora se pegue com facilidade ninguém quer ter ."


Então sejamos todos felizes!


Vamos amar para ser amados!


Vamos nos cuidar, nos amar, amar as pessoas a nossa volta.


Não quero ser infeliz sozinha, quero toda felicidade possível com as pessoa que amo.


A desemprego, a economia vai mal, trabalho muito ganho pouco, não tenho dinheiro,


não tenho carro nem casa própria.


Mais me pergunto por que não ser feliz? Mesmo com todos esses problemas.


Por que ser triste não vai melhorar em nada minha vida...


Só me trará algumas rugas desnecessárias.


Tenha fé me você , na vida, nos outros e no universo que conspira sempre a nosso favor.


Você me dirá então:


_ Se o universo conspira sempre a meu favor porque eu não sou rico, bonito e bem sucedido?


É simples por que embora o o universo conspira a seu favor, na maioria do tempo você luta contra , se poda, e se trai.


Veja a vida com mais leveza.


Há quem diga:


_ Se a vida lhe dá pimentas faça um molho.


Se é limão um suco então!


Faça algo não deixe as coisas em vão.


Nada é perfeito mais reclamar, chorar, sofrer e se fechar não vai adiantar.


VIVA , ACIMA DE QUALQUER COISA, VIVA.